Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Engitech is a values-driven technology agency dedicated.

Gallery

Contacts

411 University St, Seattle, USA

engitech@oceanthemes.net

+1 -800-456-478-23

Você sabe o que é ansiedade?

Leitura: 6 min

Você sabe o que é ansiedade?

Neste post, você vai entender o que é ansiedade e por que é um transtorno que devemos nos preocupar e não apenas utilizar de forma banal

Falar de ansiedade é algo corriqueiro nos dias atuais, essa palavra que já faz ou fez parte da vida de praticamente todos nós, assunto bastante recorrente nas rodas de conversa, é comum ouvirmos até crianças falando, tenho ansiedade. Minha filha de 10 anos fala “hoje eu tô ansiosa”, “isso me deixou muito ansiosa”, quando a pergunto o que é ansiosa, ela responde: é ansiosa, assim, esperando conseguir fazer isso, sem tempo de esperar” (sic).

A ansiedade é um sintoma, é uma sensação, é um sentir-se ansioso, com algo que ainda está por vir. É uma pré-ocupação, é um ocupar de forma angustiosa, excessivamente, antes de algo ocorrer. Sentir ansiedade é normal dentro de situações ameaçadoras ou preocupantes, e isso faz parte da condição humana, mas a ansiedade normal é percebida como manejável, como algo possível de se controlar.

O que acontece é que a ansiedade em excesso pode tornar-se patológica, a medida em que ela afeta e traz prejuízo em áreas pessoais ou ocupacionais da vida das pessoas, causando um desequilíbrio psicossocial, e aí sim, pode se tornar uma doença, que precisa de diagnóstico e tratamento profissional, especificamente de psicólogos e psiquiatras.

Segundo o DSM 5 (O Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 5.ª edição) o critério diagnóstico do Transtorno de Ansiedade Generalizada, ocorre quando a pessoa tem três ou mais sintomas, dentre estes: ansiedade, preocupação excessiva, inquietação, fatigabilidade, tensão muscular, irritabilidade, perturbação do sono, dificuldade de concentração, sintomas físicos (suor nas extremidades, taquicardia, respiração ofegante), dentre outros. Sintomas estes, que estão persistindo na maior parte dos dias por um tempo mínimo de seis meses. Para as crianças, o critério diagnóstico é de apenas um sintoma.

Em suma, a ansiedade patológica consiste em preocupar-se excessivamente, apresentando sintomas físicos e psicológicos diante de situações cotidianas, tais como: uma apresentação de trabalho, uma seleção, situação financeira, relações afetivas, para as crianças pode ser o desempenho escolar, por exemplo. Diante disso, a ansiedade persistente, que é quando sua intensidade ou duração são desproporcionais ao evento em si (que muitas vezes ainda não aconteceu), pode vir a desencadear outras patologias, que fazem parte dos transtornos ansiosos.

Quais são os transtornos de ansiedade?

Os chamados Transtornos ansiosos englobam uma série de doenças mentais, tais como: Transtorno de Ansiedade Generalizada, Transtornos Depressivos, Transtorno de Estresse Pós-Traumático e de Estresse Agudo e também a Fobia Social, isso significa que todas estas têm a ansiedade como um dos seus principais sintomas.
Em se tratando de ansiedade, não é raro ocorrer uma comorbidade, ou seja, diagnóstico de dois ou mais transtornos do espectro ansioso, como mencionados anteriormente, principalmente algum dos transtornos depressivos em conjunto com um transtorno ansioso.

Diante disso, faz-se cada vez mais relevante a busca de informações e de ajuda profissional capacitada para o cuidado da saúde mental. A ansiedade sentida, pode se tornar uma doença, e sem tratamento adequado, agravar e evoluir para um quadro depressivo, e aí sim, torna-se extremamente preocupante, já que os transtornos depressivos são os maiores índices de pensamento de morte e comportamento suicida.

Quem é Paula Coimbra?
Paula Coimbra C.P. Hostert, bacharel em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) desde 2008, mestre, doutora e pós doutora em Psicologia pela UFES. Professora de graduação e pós-graduação há 15 anos. Coordenadora do curso de Psicologia na FECAF.

Página Inicial

Siga a FECAF no Linkedin

Receba nossos conteúdos exclusivos:

Comments (2)

  1. Celio Antônio
    11/06/2022

    Fantástico conteúdo

  2. Dirce Rocha
    11/06/2022

    Maravilhoso, muito importante, precisamos conhecer, para podermos nos compreendermos e buscar ajuda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.